Notícias

7 de Julho de 2020

BNA apresenta as novas notas de Kwanza - Série 2020

O Banco Nacional de Angola apresentou oficialmente aos órgãos de comunicação social as novas notas de Kwanza da nova Série 2020. 

O acto, dirigido pelo Senhor Governador José de Lima Massano, decorreu na manhã de 7 de Julho, no auditório Saidy Mingas do Museu da Moeda e contou com a presença do Secretário de Estado para as Telecomunicações e Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Mário Augusto da Silva Oliveira.

As novas notas entrarão em circulação, de modo progressivo, a partir do dia 30 de Julho com a introdução da nova nota de 200 Kwanzas. Em Setembro, será introduzida a nota de 500 Kwanzas, em Outubro a de 1.000 Kwanzas, em Novembro entrará em circulação a nota de 2.000 Kwanzas e em Janeiro de 2021 a de 5.000 Kwanzas, em conformidade com a Lei n.º 7/20, de 30 de Março, que autoriza a respectiva emissão e colocação em circulação pelo BNA.

As novas notas circularão em simultâneo com as notas da Série 2012, continuando estas a ser válidas e aceites, podendo vir a ser paulatinamente retiradas circulação no futuro as notas, momento em que “o Banco Nacional de Angola publicará e dará visibilidade ao calendário de retirada das notas mais antigas”, garantiu José de Lima Massano. 

A nova Série 2020 de notas de Kwanza foi inspirada na grandeza de Angola independente, nas paisagens de beleza única e elementos da nossa identidade cultural, tendo como imagem central e comum a todas as notas a efígie do Dr. António Agostinho Neto, primeiro Presidente da República de Angola. 

As notas de 200, 500, 1.000 e 2.000 Kwanzas são produzidas em substracto de polímero, um material que se assemelha ao plástico, e integram elementos inovadores de alta segurança. Assim, as novas notas oferecem maior durabilidade média, isto é, quatro vezes superior à das tradicionais notas de papel. A nota de 5.000 Kwanzas é feita em substracto de algodão, igualmente com a incorporação dos correspondentes elementos de segurança.  

Segundo o Governador, José de Lima Massano, “com o polímero temos não apenas a novidade de notas em novo material, mas também a possibilidade de maior comodidade no seu uso e poupança financeira na gestão do meio circulante”. As moedas metálicas da Série 2012 (que circulam actualmente), por manterem as suas características de segurança por períodos mais longos, deverão permanecer em circulação sem quaisquer alterações. 

Ainda no decorrer do encontro, coube ao Director do Departamento de Meio Circulante, Sebastião Banganga, fazer a apresentação das características das novas notas da Série 2020 bem como da aplicação móvel “App Kwanza 2020”, que será disponibilizada no dia 30 de Julho. 
Segundo Sebastião Banganga, esta aplicação servirá para ajudar a verificar as características de segurança das novas notas e distingui-las umas das outras. 

“A nova Série de notas de Kwanza simboliza o nosso percurso como país independente e soberano, valorizando a nossa História e almejando um futuro melhor. Apesar das novas notas serem produzidas em material mais resistente, devemos sempre manuseá-las com cuidado para que os ganhos sejam duradouros”, recomendou o Governador do Banco Nacional de Angola. 

chart
chart
chart
chart